Comprimidos

Chegou a altura dos comprimidos para desparasitar. No sábado a minha dona, ou melhor, a traidora pôs um comprimido misturado na minha comida. Queria ela enganar-me... Obviamente que eu cheirei o comprimido a milhas e só comi a comida. O comprimido ficou lá tal e qual como ela o tinha posto.

Até parece que ela não me conhece há tantos anos. Já devia de saber que é preciso muito, mesmo muito para me enganar.

O Nobita lambão comeu logo o comprimido, e querem saber o incrível? 
Não é preciso a minha dona misturar o comprimido na comida. É só chamar o Nobita e dizer para ele comer o que ela tem na mão e ele come. Depois faz caretas (sim, porque aquilo sabe mal), mas fica todo contente porque fez o que a dona queria e portou-se bem.

Mas se o Nobita lhe facilita a vida, eu complico.
Comigo é sempre um filme para tomar comprimidos.
Ora tentam na comida seca, ora tentam na comida de lata, ora tentam com a pasta para a queda de pêlo, ora tentam enfiar-mo na boca... Vai dar sempre ao mesmo, comprimido no chão.

Agora querida dona mais nova, pensa aí uma nova forma de me enganares, mas aviso-te já que não vai ser fácil.

Miaus e Ronrons. Shizuka