Férias verão 2015 parte V

Hoje vão levar com uma quantidade fenomenal de fotografias. Tem mesmo de ser, senão ando aqui um mês a mostrar a seleção de fotografias da minha dona (não queiram saber quantas fotografias ela tirou nas férias, mas são mais de 3 números).
Por isso hoje deixo-vos com o penúltimo post das férias e o último com fotografias (amanhã é só blá blá blá e cusquice).

As férias deles:
 Mais um livro que a minha dona devorou.


 Como podem ver a minha dona está sempre a pensar em mim.


 O Nobita adora esta foto porque pensa que a minha dona estava a voar para vir ter com ele a casa mais rápido (ele pensa que ela é uma super heroína e consegue fazer tudo, eu como não sou assim tão cruel deixo-o acreditar nisso).






Nota-se que os meus donos mais novos vêm muito Dragon Ball? 



 Comida e mais comida...







 A minha dona mais velha a dormir algures no meio do vale dos lençóis. 





 Esta torrada tem bom aspecto não tem? Tem. Mas a minha dona diz que era horrível e que foi a pior torrada que ela comeu (o que é estranho porque torrada é só pão com manteiga). Mas diz ela que estava inundada em manteiga e que a manteiga sabia a esquisito. Não sei qual é esse sabor, mas não me parece bem.




 Os meus donos são uns alarves.

Calhou à minha dona conduzir na viagem para casa. E querem saber quantas horas demoraram eles do Algarve à Marinha Grande? 8h30m (só com um paragem de uma hora para almoçar). Mas a culpa não foi da condução da minha dona. Foi mesmo transito. 


As nossas férias:
 O Nobita esperou pela minha dona o tempo todo.

 Esperou...

 Esperou...

 E esperou...

 Dormimos na cama dos meus donos (e desarrumámos tudo).

 Eu joguei muitos jogos.

 E algumas vezes até deixei o Nobita dormir comigo.



 Aqui está o Nobita quando a minha dona chegou. Deu-lhe mil beijinhos, enrolou-se a ela e depois estendeu-se no chão a pedir mimos todo contente.






Amanhã é a última publicação das férias (aleluia?), por isso...
Não percam o próximo post, porque nós também não!

Miaus e Ronrons. Shizuka