Sismo

Miaus.

Na quarta-feira houve um sismo às 23:22, teve epicentro em Porto de Mós e magnitude de 3,7.

Escusado será dizer que a minha dona entrou em parafuso.
Estava ela sentada a tratar de papelada e de repente o computador, a mesa e tudo o que estava em cima dela começou a abanar. Ela pôs os pés no chão e o chão estava a tremer, entrou em parafuso, começou a dizer que era um sismo e drama.
Eu e o Nobita estávamos em casa dos donos mais velhos e com o Nobita também foi só drama, se a minha dona não fosse humana dizia que eles eram gémeos.
O meu dono mais novo não sentiu e estava a 3 metros da minha dona mais nova.
A minha dona mais velha também não sentiu e estava sentada ao lado do meu dono mais velho que sentiu o sofá todo a abanar. Vá-se lá perceber.

Diz a minha dona que foi assustador, e se ela já era paranóica com desastres agora está pior, bem pior. Diz que este fim de semana vai finalmente fazer a mala SOS que tem planeada há tanto tempo. 

Eu estava a dormir e não senti nada, acordei só quando os meus donos mais velhos chegaram ao pé de mim com o telefone na mão e uma dona mais nova histérica do outro lado.
O Nobita sentiu, e escusado será dizer que ficou cheio de medo, mas com ele não é de estranhar porque ele é só o gato mais medroso do mundo.

Resumindo, interromperam o meu sono e eu fiquei danada.


Miaus e Ronrons. Shizuka